sexta-feira, abril 16, 2010

A Valsa



Venha, tome minhas mãos,
dance comigo esta dança macabra.
O salão nos pertence
e a luz das velas esconde nossos rostos pálidos.
Assim somos mais um casal.

Deixe-me acreditar que esta noite jamais terminará.
O sol não pode nascer,
Não agora que estou em seus braços,
Que nossa valsa começou a tocar.
Leve-me, faça-me girar e girar.

Um carrossel louco e selvagem.
Onde tudo parece tingido de sangue.
A música ainda persiste
e eu preciso me sentir protegida em seus braços

O dia está vindo sobre nosso amor e encontro.
Cubra-me com sua capa,
Estou pronta a ceder amor e sangue.
A valsa nos levou ao nosso mundo.
E quando a manhã chegar, eu quero esta com você
Em seu caixão.


Beijos mordidos!

6 comentários:

Contos Sobrenaturais disse...

Suas poesias vampirescas são sempre as minhas preferidas! Essa, em especial, eu imaginei o Ariel na cena. Eu estou sonhando... Contando os dias para 'Kara e Kman' e 'O Pacto'. :D

Tsuki disse...

ai q kindo!
adoro suas poesias ^^


só dei um pulinho aki pra t agradecer muito!
ontem foi minha prova d historia e caiu uma questão sobre o acontecimento d sao bartolomeu(o massacre dos protestantes na frança) só consegui responder por que li isso no alma e sangue! =D
bragada Nazarethe!

P.s.: alma e sangue tbm é cultura ;D
bjs mordidos

Nazarethe disse...

Oi Tsuki!Que bom, salvou a questão.Eu gosto bastante de historia e gosto de tornar-la bem mais interesante.Imagina quanta coisa Jan Kmam não viu em 400 anos de vida imortal?O.o! beijos mordidos.

Amanda disse...

Ola! Tudo bem? Estava lendo umas postagens/histórias suas antigas do blog. Como vc mencionou na época, eram "aperitivos" para saciar a fome dos leitores de Alma e Sangue (até o segundo livro ser lançado).
Fiquei um pouco confusa com a ordem dos capitulos, mas os entendi completamente. Mas o que gostaria de saber, é o que aconteceu com a Alma, e como Kara continou lidando com os encontros de Jan com a mortal.
Fiquei curiosissima para saber do desfecho!
Dês de que li o primeiro livro Alma e Sangue, acompanho toda a saga e seu blog. Mesmo sem comentar as vezes. Mas já nos comunicamos por e-mail. E acho toda essa comunicação entre leitor e escritor maravilhosa. Queria que outros escritos fizessem o mesmo.
Espero que me responda! Super beijos;**

Nazarethe disse...

Olá Amanda!

Postei os capítulos resumidamente ficava super confuso porque o blog joga sempre o 1capitulo para baixo e o último para cima.
O Livro Kara e Kmam vai ser relançado agora em junho numa versão mais ampla que vai trazer novos mistérios e revelações. É um livro que pode ser lido em qualquer ordem sem problemas. Lá você vai ver o fim de Alma e outros detalhes sobre personagens da série. Também gosto demais de me comunicar com todos que lêem meus livros. Obrigada pelo carinho.beijos mordidos!

Giovanna =] disse...

Ameei o poema, toda vez q eu os leio imagino tudo, dah pra matar um pouco a saudade.
Ñ pude deixar d ler o q a Amanda escreveu e tbm acho bacana essa coisa autor-leitor e leitor-autor. Adoro quando me respondem no twitter! xD
Acho q sou meio carente! hehe
bjOs mordidOs!!