quarta-feira, outubro 22, 2008

O Egito.



Minha mãe sempre admirou o Egito e seus mistérios, ela conhece grande parte das dinastias, os faraós suas historias. E com ela entendi a beleza de um túmulo feito para ser eterno, uma pirâmide.
A cor, a areia do deserto, o sol, a esfinge. Mistérios que os olhos e os ouvidos sonham desvendar.
E Partes deles já surgiram em Kara e Kmam, na pagina 96 um novo personagem surgiu, seu nome, Radamés. Ele conseguiu fazer o rei, Ariel Simon se deter. Ele chegou aos aposentos misteriosamente envoltos em uma capa de linho e defendeu Kara. Falou ao rei do presente, do passado e do futuro.
Radamés tem muito a contar e o fará em Alma e Sangue II. Uma criatura poderosa sabia justa e antiga capaz de guiar Kara no árduo caminho que a espera além dos braços de seu mestre Jan Kmam.
Ele pertence ao passado e ao futuro. Está nas paginas que o tempo se encarregou de escrever e apagar. Na minha imaginação, caminhando sob a lua, nas areias do Egito. Escrevendo como um escriba o futuro de todos da saga de Alma e Sangue.

2 comentários:

Rafael Guerra disse...

nossa... o egito... sempre adimirei sua cultura, dentre, os estudos de civilizações nas aulas de historia e as de mitologia tambem, o egito foi o q mais me despertou interesse... sempre gostei mesmo...
pelo visto o Radamés terá um papel importantissimo no Alma e Sangue II... e incluir o egito nisto tudo torna a historia ainda mais interessante... Nao vejo a hora de ler ^^

Bruna Toledo disse...

Bem, dei uma lida rápida pq o tempo é curto!
Gostei do Radamés, gosto quando os personagens antigos se misturam aos jovens.
Espqro pelo II!
Beijos.